Novo trailer e data de lançamento de Death Stranding

Death Stranding ganhou um novo trailer e data de lançamento: 8 de novembro. Confira abaixo:

A data de lançamento chega mais de quatro anos após o anúncio do jogo, no fim de 2015.

O novo trailer também mostra vários segmentos de jogabilidade inéditos, como a possibilidade de utilizar uma moto, combates corpo-a-corpo contra soldados, menus, e cenas de guerra.

Death Stranding é o primeiro trabalho de Hideo Kojima após deixar a Konami. Estão no elenco Norman Reedus, Mads Mikkelsen, Lea Seydoux, Lindsay Wagner, Guillermo del Toro e Troy Baker.

Fonte: The Enemy.

Anúncios

Primeiro trailer de Exterminador do Futuro: Destino Sombrio

Revelado o primeiro trailer de Exterminador do Futuro: Destino Sombrio. Assista abaixo legendado:

No vídeo vemos o retorno de Sarah Connor (Linda Hamilton), bem como Arnold Schwarzenegger no papel de T-800.

Ontem também foi revelado o primeiro pôster:

O elenco ainda conta com Mackenzie Davis, Natalia Reyes e Gabriel Luna como o vilão.

Dirigido por Tim Miller (Deadpool) e produzido por James Cameron, o sexto filme da saga Exterminador do Futuro estreia no Brasil em 31 de outubro.

[Resenha] Game of Thrones – Última temporada

Então, né, gente… Uma pena que isso foi acontecer com Game of Thrones, mas infelizmente, uma das melhores séries de TV de todos os tempos ganhou uma conclusão tão decepcionante. Os maiores vilões da série foram mesmo os roteiristas.

Mas vamos por partes.

O que eu gostei:
– A nova abertura;
– Algumas conclusões de arcos de personagens, como Jorah Mormont (Iain Glen), Gendry (Joe Dempsie), Brienne (Gwendoline Christie), o Cão (Rory McCann), Melisandre (Carice van Houten) e Sansa (Sophie Turner), pelo que consegui lembrar;
– Me aprofundando um pouco nas conclusões das duas últimas: Melisandre poderosíssima na batalha de Winterfell, fez mais do que Daenerys (Emilia Clarke) e Jon (Kit Harrington), que estavam montados em um dragão cada. E a morte dela (virou poeira) foi pra se redimir das barbaridades que cometeu na época em que estava ajudando o Stanis Baratheon; Sansa – de sonsa a sensata, como diria Carol Moreira – teve um final grandioso, satisfatório e merecidíssmo, depois de tudo o que sofreu;
– Outra que teve momentos foda (mas conclusão, nem tanto) foi a Arya (Maisie Williams) que, de tão ninja que ficou, roubou o protagonismo do irmão Jon Snow (o “Gelo” de “As Crônicas de Fogo e Gelo”) ao matar o Rei da Noite (Vladimir Furdik), o grande chefão de GoT. E pelo menos ela riscou todos os nomes de sua lista negra (de maneira direta ou indireta);
– A Batalha de Winterfell, que é a mais longa cena de batalha do audiovisual de todos os tempos, foi o melhor episódio pra mim;
– Os efeitos especiais desta temporada estavam foda, principalmente os dragões. “Valeu a pena” terem matado todos os lobos gigantes dos Starks durante as temporadas anteriores e dado sumiço no único que sobrou, o Fantasma (risos);
– Falando nisso, essa cena;

Pega fogo, cabaré!

O que eu não gostei:
– Bom, basicamente do roteiro mesmo. Pontas soltas demais, personagens inconsistentes e situações forçadas apenas para empurrar a trama pra frente. Isso pegou mais nas ações da Daenerys que, de repente, virou a “rainha louca”. OK que ela matou muita gente nas temporadas anteriores, mas era tudo gente ruim, porém fazê-la incendiar uma cidade cheia de inocentes foi o fim da picada com a personagem. Bom que mataram ela mesmo e fim;
– Jon não ter sido executado depois de matar a rainha. Bem crível; 👍
– O novo regente de Westeros. Escolheram o personagem mais insosso, inconsistente e inútil de toda a série, que já tinha falado mais de uma vez que não ligava para o poder ou para os problemas do mundo mortal, e na hora que foi indicado ainda disse que “era pra isso que ele tinha chegado até ali”. Sei. Altas tramas bem construídas…
– Brienne, meu amor, lamento tanto que tu tenha se envolvido com o boy lixo do Jamie (Nikolaj Coster-Waldau). Você merecia mais, porém sei como são essas coisas rs
– Por falar no Jamie, o arco de redenção do personagem no decorrer das temporadas anteriores foi muito FODA, pena que ele jogou tudo fora indo tentar salvar a Cersei (Lena Headey). E ela deveria ter morrido de um jeito mais cruel (por ter mandado matar a Lady, a loba gigante da Sansa na 1ª temporada, principalmente);
– O segundo dragão da Dany ter morrido de graça no episódio 4; 😡
– Os escorpiões (balistas) terem sido “nerfados” entre os episódios 4 e 5 rs;
– As profecias da série, no fim, não serviram para nada;
– Que fim levaram os Dothraki? Esquecidos no churrasco, mas vou acreditar que, sem nada pra fazer em Westeros, voltaram para Essos (e essa é só uma dúvida não respondida, pois ficaram tantas);
– E o Drogon que derreteu no bafo o Trono de Ferro? Será que ele era assim tão inteligente? rs

Resumindo: a série ainda é fantástica, suas primeiras temporadas são ótimas, porém a temporada final parece que os roteiristas e produtores estavam de saco cheio e quiseram terminar de qualquer maneira, não dando o devido esmero nas tramas de muitos personagens importantes. Eu até entendo que a escolha do novo governante – agora – dos Seis Reinos deveria ser quem a gente menos esperava (os famosos plot twists de GoT), mas olha o que foi feito aos outros candidatos e personagens principais… Decepcionante demais, D&D.

Elemental + Fire na armadura.

Título original: “Game of Thrones”.
Emissora: HBO.
Ano de estreia: 2019.
Criado por: David Benioff e D. B. Weiss.
Elenco: Peter Dinklage, Nikolaj Coster-Waldau, Lena Headey, Emilia Clarke, Kit Harington, Aidan Gillen, Iain Glen, Sophie Turner, Maisie Williams etc.
Duração: 6 episódios de +/- 60 minutos cada.
Nota do Gilga: 7.

[Atualizado] Extra: Por que é que o final de Game of Thrones foi tão decepcionante?

Novo trailer de His Dark Materials

Divulgado hoje novo trailer da série da HBO em conjunto com a BBC baseado na trilogia His Dark Materials (por aqui, conhecida como Fronteiras do Universo), do qual faz parte A Bússola Dourada. Assista:

Vemos Dafne Keen (Logan) intepretando a heroína Lyra e James McAvoy como seu tio Asriel e a vilã Marisa Coulter intepretada porRuth Wilson. Ainda vemos um relance do urso Iorek Byrnison.

“Fronteiras do Universo” segue as aventuras de Lyra Belacqua e Will Parry enquanto eles exploram universos paralelos habitados por bruxas, ursos de armadura e daemons. A série começou com “A Bússola Dourada” em 1995, e teve grande aprovação de crítica em cada continuação. Um filme baseado no primeiro romance foi lançado em 2007, mas recebeu resenhas mornas e negativas à época.

His Dark Materials estreia ainda neste ano, sem data confirmada.

Todos os recordes quebrados por Vingadores: Ultimato (até agora)

Vingadores: Ultimato (resenha aqui), o mais recente filme do Marvel Studios lançado nos cinemas no mês passado, já é um dos maiores sucessos de bilheteria de todos os tempos, conseguindo impressionantes marcas. Segue lista dos recordes quebrados até o momento:

  • Teve o trailer (o primeiro deles) mais assistido em 24 horas, totalizando 289 milhões de visualizações;
  • Arrecadou nada menos que US$ 1,2 bilhão nos primeiros três dias, tornando-se o primeiro filme a conquistar tal feito;
  • Foi lançado no maior número de salas já registrado nos EUA: 4.662 salas, o que representa cerca de 10% dos cinemas disponíveis; Já no Brasil, foi lançado em cerca de 90% dos cinemas, o que gerou uma discussão em torno da disponibilidade de outros filmes, inclusive foi criada uma cota para películas brasileiras pelo ministro da Cidadania;
  • Teve a maior pré-estreia de todos os tempos, fazendo US$ 60 milhões na noite de quinta-feira, contra US$ 57 milhões de Star Wars – O Despertar da Força;
  • Também fez a maior bilheteria em um único dia: US$ 156,7 milhões na sexta-feira, contra US$ 119,1 milhões de Star Wars – O Despertar da Força;
  • Maior abertura doméstica: US$ 350 milhões, contra US$ 257,7 milhões de Vingadores – Guerra Infinita;
  • Maior estreia no Brasil, levando 1,5 milhões de expectadores aos cinemas do país;
  • Maior faturamento por sala em circuito nacional: US$ 75 mil por cinema, em média, contra US$ 59,9 mil de Star Wars – O Despertar da Força;
  • Maior faturamento de todos os filmes em cartaz: US$ 389 milhões somados, contra US$ 305 milhões da semana de 18 de dezembro de 2015, quando estreou Star Wars – O Despertar da Força;
  • Filme mais rápido a acumular US$ 100 milhões: 1 dia, contra 1 dia (porém mais horas) de Star Wars – O Despertar da Força;
  • Filme mais rápido a acumular US$ 150 milhões: 1 dia, contra 1 dias de Vingadores – Guerra Infinita;
  • Filme mais rápido a acumular US$ 350 milhões: 3 dias, contra 6 dias de Star Wars – O Despertar da Força;
  • Filme mais rápido a acumular US$ 1 bilhão: precisou de apenas 5 dias, contra 11 dias de Vingadores – Guerra Infinita ;
  • Maior abertura internacional: US$ 859 milhões, contra US$ 443,1 milhões de Velozes & Furiosos 8;
  • Maior abertura total, somando EUA e demais mercados: US$ 1,2 bilhão, contra US$ 640,5 milhões de Vingadores – Guerra Infinita;
  • Maior faturamento de estreia em 3D: US$ 540 milhões, contra US$ 366 milhões de Vingadores – Guerra Infinita;
  • Maior faturamento de estreia em IMAX: US$ 91,5 milhões, contra US$ 47,6 milhões de Star Wars – O Despertar da Força;
  • Em apenas três dias, Vingadores – Ultimato já se tornou a 18ª maior bilheteria de todos os tempos, e a sexta maior bilheteria acumulada do Universo Cinematográfico Marvel;
  • Se tornou a segunda maior bilheteria mundial de todos os tempos, acumulando até a presente data US$ 2,48 bilhões, ficando apenas atrás de Avatar (2009), que fez US$ 2,78 bilhões.

Fontes: Adoro Cinema, Box Office Mojo e Omelete.

Final Fantasy VII Remake ganha novo trailer

Final Fantasy VII Remake ganhou um novo trailer durante a transmissão State of Play, da Sony. Veja abaixo:

Além do trailer, Sony e Square Enix também confirmaram que o game terá novidades reveladas em junho. Vale lembrar, é o mesmo mês em que acontece a E3 2019.

“Muitos dos planos já estão acertados no calendário até o lançamento, então por favor esperem mais um pouco até que possamos divulgar mais informações no próximo mês”, diz um tuíte na conta oficial da empresa assinado pelo diretor Tetsuya Nomura.

Este é o primeiro vídeo do jogo desde dezembro de 2015, quando o remake deu as caras na PlayStation Experience. Desde então, o título passou por várias mudanças no desenvolvimento, que deixou de ser terceirizado e passou ser feito inteiramente pela Square Enix.

O título será lançado para PlayStation 4 e ainda não tem data de lançamento.

Fonte: The Enemy.

Novo trailer de Homem-Aranha: Longe de Casa

Hoje tivemos novo trailer de Homem-Aranha: Longe de Casa, cheio de novidades. Assista abaixo:

O vídeo já começa com uma questão de Vingadores: Ultimato que, por motivos de spoilers, não foi abordado no trailer anterior: Peter Parker (Tom Holland) e Happy Hogan (Jon Favreau) lidando com o luto pela morte de Tony Stark (Robert Downey Jr.). Outra questão bastante interessante é que Quentin Beck (Jake Gyllenhaal), o Mystério, é oriundo de outra dimensão, abrindo o precedente do Multiverso no MCU. Será que X-Men e Quarteto Fantástico entrarão assim em nosso mundo?

Também vemos Nick Fury (Samuel L. Jackson) indo atrás de Peter, MJ (Zendaya) descobrindo a identidade secreta do Homem-Aranha e o herói em ação com a nova roupa preta. Quem serão os vilões do filme? Desconheço aqueles monstros elementais.

Longe de Casa, filme dirigido por Jon Watts, estreia por aqui em 4 de julho.

Hulu anuncia séries de Motoqueiro Fantasma e Filho de Satã

Hoje a Marvel anuncia duas novas séries live-action: Motoqueiro Fantasma (tá mais pra “motorista”, mas ok) e Helstrom.

As duas produções serão uma parceria da Marvel com o Hulu, canal de streaming comprado pela Disney. As duas têm previsão de estreia para 2020.

“O Motoqueiro Fantasma é centrada em Robbie Reyes [interpretado por Gabriel Luna em Agents of S.H.I.EL.D., que voltará ao papel], o anti-herói por excelência, que vive na fronteira do Texas com o México, consumido pelo fogo do inferno e supernaturalmente ligado a um demônio. Quando ele libera o Motoqueiro, Robbie traz vingança para os inocentes que ele encontra, mas luta para conseguir controlar todos os seus poderes”, diz a descrição da série.

Motoqueiro Fantasma terá produção executiva de Ingrid Escajeda, que será também showrunner ao lado de Paul Zbyszewski e Jeph Loeb, presidente da Marvel TV.

Enquanto isso, Helstrom trará a história de dois irmãos, Daimon e Ana Helstrom. Os dois “são filhos de um misterioso e poderoso serial killer. Os irmãos tem uma dinâmica complicada enquanto caçam o pior da humanidade – cada um com suas habilidades”. Vale observar que originalmente, Daimon Helstrom é conhecido como o Filho de Satã nas HQs.

Essas novas séries são parte de uma parceria em andamento entre Hulu e Marvel TV. Runaways (Fugitivos) está indo para a 3ª temporada no Hulu, e o canal também está trabalhando em séries animadas de Howard, o Pato, M.O.D.O.K., Hit-Monkey e Tigresa & Cristal.

Fontes: Observatório do Cinema e Comic Book.