[Resenha] Aquaman

Nos cinemas brasileiros desde a última quinta (13), Aquaman é o único filme live action de super-heróis da DC/Warner do ano, e olha, amiguinhos… Que filme foda! Parabéns à Warner que finalmente aprendeu com suas cagadas e fez um filme decente baseado em quadrinhos.
Vamos logo aos prós e contras:

O que gostei:
– As cenas de lutas são do caralho! Bem coreografas e enquadradas, são eletrizantes e fodonas;
– A fotografia e edição de vídeo também são excelentes, bem diferentonas e até poéticas;
– A trilha sonora, desde a composição para o filme (uma das trilhas que lembrava um pouco as do game Assassin’s Creed Origins, o que me agradou bastante), bem como as canções já existentes escolhidas para o filme, como novas roupagens interessantes e engraçadas;
– A direção de arte também merece aplausos de pé. Atlântida e todos os cenários e tecnologias submarinos são estonteantes (uma mistura de Avatar com Tron: O Legado) e, pra mim, é o cenário fictício mais foda que já apareceu em filmes de super-heróis, superando Wakanda (Pantera Negra) e Asgard (trilogia do Thor) de lavada. As criaturas imaginadas para o longa, e como a concepção das diferenças físicas e culturas dos sete reinos submarinos são muito bem boladas também;
– Os efeitos especiais, de uma forma geral;
– Roteiro interessante, coerente e muito bem construído;
Nicole Kidman como a Rainha Atlanna

O que eu não gostei:
– Algumas cenas e diálogos forçados, geralmente envolvendo Aquaman (Jason Momoa, que só sabe interpretar a si mesmo) e Mera (Amber Heard). Aliás, muita atuação e diálogos fraquinhos no filme;
– O fato de o Aquaman ser burrão pra ser “alívio cômico” nos diálogos com a Mera, até um momento em que isso é deixado de lado e ele demonstra saber os nomes de personagens do Império Romano, parecendo que ele tirou essa informação do cu;
– Por falar em comicidade, a comédia do filme é bem fraquinha. A gente percebe que os roteiristas tentaram, sabe?
– A explosões jumpscare. VTNC, James Wan!
– Algumas decisões no roteiro que desafiam nossa inteligência (haja suspensão da descrença).

Se o filme era pra ser colorido e berrante, então capricharam nesse uniforme do Aquaman.


De resto, é um filme divertido, empolgante e uma excelente surpresa pra quem não esperava mais nada da Warner/DC depois de seus sucessivos fiascos, bem como de um dos personagens mais subestimada da Editora Detective Comics Comics. Recomendadíssimo!


Título original: “Aquaman”.
Ano: 2018.
Diretor: James Wan.
Elenco: Jason Momoa, Amber Heard, Willem Dafoe, Temuera Morrison, Dolph Lundgren, Yahya Abdul-Mateen II, Patrick Wilson, Nicole Kidman.
Duração: 143 min.
Nota: 9.

Anúncios

Autor: Gilgamesh

The All-New All-Different Gilga das Galáxias™, um conjunto de conteúdos interessantes.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s